segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Ghost in the Shell - em LIVE ACTION

Ghost in the Shell é baseado em uma revista.

Na trama, acompanhamos Motoko Kusanagi, a Major (Scarlett Johansson), uma híbrida de humano e ciborgue, que lidera um esquadrão de elite: a Seção 9.

Major precisa perseguir os mais perigosos criminosos e extremistas, entre eles um hacker, que tem como objetivo deter os avanços da tecnologia cibernética.


Agora virou um filme com cenas extraordinárias, quase não acreditei que uma animação (na verdade anime) que assisti a muito tempo atrás agora está na telona e em Live Action. Se tiver 50% da animação original vai ser fantástico. Observando o trailer (abaixo) tenho quase certeza que vai ser um dos melhores filmes de 2017 . Assistam ao trailer e logo em segui um pouco da história do mangá.

video

Making Of

video

Algumas cenas do filme.






Abaixo informações sobre o mangá.

Ghost in the Shell é um mangá de influências cyberpunk[1], criado por Masamune Shirow. Rendeu uma continuação, intitulada Ghost in the Shell 2: Man/Machine Interface, que foi lançada em 2002.

Inicialmente, o mangá foi adaptado nos filmes de animação Ghost in the Shell em 1995 e Ghost in the Shell 2: Innocence em 2004 – este último com uma versão remasterizada exibida em 2008.

Em 2002, iniciou-se a série de animação Ghost in the Shell: Stand Alone Complex, finalizada em 2003 e sucedida por Ghost in the Shell: Stand Alone Complex 2nd GIG em 2004, ambas com 26 episódios cada. O filme animado Ghost in the Shell: Stand Alone Complex - Solid State Society finalizou a série em 2006. Uma versão em 3D deste ultimo foi lançada em 2011.

Em junho de 2013, uma nova série de filmes de animação nomeada Ghost in the Shell Arise - Border teve inicio, sendo finalizada com 4 filmes em setembro de 2014 para dar lugar à nova série: Ghost In The Shell Arise - Alternativa Architecture, que estreou em abril de 2015 e deve conter 10 episódios.

Há ainda a previsão de um novo filme animado para 2015, com o título provisório de Ghost in the Shell (2015) e a live-action do mangá, com a atriz Scarlett Johansson no papel de Motoko Kusanagi.
Todas essas incursões foram produzidas pela empresa Production I.G. (exceto pelo live-action, cuja responsável é a Dreamworks), assim como um jogo para PlayStation, um jogo para PlayStation 2 e outro para PlayStation Portable.

O Enredo.

Ghost in the Shell se passa depois de 2029, marcado pelo surgimento de uma nova tecnologia que permite a fusão do cérebro à computação, à rede mundial.

O ambiente de Ghost in the Shell é cyberpunk ou pós-cyberpunk, porém o autor foca mais nas ramificações éticas, filosóficas e sociais da fusão em massa da humanidade com a tecnologia, o desenvolvimento da inteligência artificial e a onipresença da rede de computadores como uma oportunidade para reavaliar assuntos como a identidade pessoal, a singularidade da consciência e o aparecimento do trans-humanismo.

O filme, séries e mangá derivados cobrem histórias policiais nas investigações da Comissão Nacional Japonesa de Segurança Pública, Seção 9, especializada no combate a crimes perpetrados com uso da tecnologia.

A protagonista é Motoko Kusanagi, apelidada de Major. Apesar de em tese não haver uma diferença hierárquica entre os membros da equipe, Kusanagi tem a a função de líder tática da Seção 9. O apelido vem da sua época nas forças armadas. Ela tem capacidades sobrehumanas devido a seu corpo cyborg ser especializado para atividades táticas. Apenas o cérebro e um segmento do cordão espinhal são orgânicos.



[1] - Cyberpunk (de Cyber(netic) + punk) é um subgênero de ficção científica, conhecido por seu enfoque de "Alta tecnologia e baixo nível de vida" ("High tech, Low life") e toma seu nome da combinação de cibernética e punk. Mescla ciência avançada, como as tecnologias de informação e a cibernética junto com algum grau de desintegração ou mudança radical na ordem social.

De acordo com Lawrence Person: "Os personagens do cyberpunk clássico são seres marginalizados, distanciados, solitários, que vivem à margem da sociedade, geralmente em futuros distópicos onde a vida diária é impactada pela rápida mudança tecnológica, uma atmosfera de informação computadorizada ambígua e a modificação invasiva do corpo humano."




segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Heróis da minha Infância.

No mês passado (outubro) aqui no Instituto de Artes Darci Campioti, tivemos a ação: Heróis da minha Infância - 

Vejam os meus heróis.


Ultraseven (Urutorasebun), uma série de TV japonesa de tokusatsu. Produzida pela Tsuburaya Productions, foi exibida pela TBS entre 1º de Outubro de 1967 até 8 de Setembro de 1968, com um total de 49 episódios. Criado por Eiji Tsuburaya, esta sequência de Ultraman se tornou uma das grandes séries de fantasia produzidas no Japão. Sua popularidade foi tanta, que o herói Ultra Seven (ou simplesmente 'Seven') fez aparições em quase todas as outras séries da franquia 'Ultra', tendo, inclusive mais exposição do que o original Ultraman.


Ultraseven é algumas vezes incorretamente chamado "Ultraman Seven" por muitas fontes fora do Japão. Tanto a série como seu herói pode também ser chamados de Ultraseven.

Em um futuro não muito distante, a Terra se encontra constantemente sob o ataque de ameaças extra-terrestres. Para os combater, a Força de Defesa Terrestre forma o Esquadrão Ultra (Urutora keibi-tai), uma equipe de elite com seis membros que utilizam veículos e armamentos de alta tecnologia. Junto ao Esqudrão Ultra está o misterioso Dan Moroboshi que, secretamente, é um alienígena da Terra da Luz na Nebulosa M-78, Ultraseven.

Personagens - Esquadrão Ultra

Comandante Kaoru Kiriyama é o capitão do Esquadrão Ultra. Natural de Tóquio.

Shigeru Furuhashi é outro membro do Esquadrão Ultra. Muitos anos mais tarde, ele seria um alto comandante da TDF e um dos poucos aliados de Ultraseven. Ele é de Hokkaido.

Anne Yuri é o único membro feminino do Esquadrão Ultra, e também o mais jovem. Ela é a operadora da equipe de comunicação e enfermeira, mas é ainda muito eficaz em ação. Tem uma queda pelo colega Dan Moroboshi. Ela também é de Tóquio.

Soga é atirador especialista no Esquadrão Ultra. Ele é divertido mas feroz na batalha. Ele é amigo de Dan Moroboshi. É do sul de Kyushu.

Amagi é o estrategista. Ele é de Nagoya.

Dan Moroboshi / Ultra Seven (agente 340), o personagem-título, natural da Terra da Luz na Nebulosa M-78, o mesmo planeta de Ultraman. Originalmente enviado para mapear a Via Láctea, ele visita a Terra e esta o cativa. Em sua primeira visita ele salva a vida de um jovem alpinista chamado Jiro Satsuma, que quase cai para a sua morte ao salvar um companheiro alpinista. Em vez de fundir-se com ele, como fez Ultraman com o Patrulheiro Shin Hayata, 340 transforma-se em uma cópia do inconsciente Jiro (no episódio 17 é revelado como isso aconteceu). No entanto, muda seu nome para Dan Moroboshi para evitar confusão. Dan carrega consigo três cápsulas-monstro. Com elas pode invocar três monstros ajudantes: Windam, Aguira e Mikras. Um homem misterioso, mas amigável, Dan se junta ao Esquadrão Ultra como sexto membro. Desconhecido para eles ou qualquer outra pessoa, ele salva a Terra de invasões alienígenas como o Agente 340, batizado pelo Esquadrão como seu "7° membro honorário", Ultra Seven.

Estatísticas do Ultraseven

Altura: 40 metros
Peso: 35.000 toneladas
Velocidade de voo: Mach 120.9
Velocidade de corrida: Mach 6.55
Velocidade de nado: 769 km/h
Velocidade de tunelamento: Mach 1
Salto em distância: 2300 metros
Planeta natal: Terra da Luz, Nebulosa M-78, 2.000.000 anos-luz da Terra
Forma humana: Dan Moroboshi
Item de transformação: Ultra Eye
Armas mortais: Eye Slugger e Wide Shot



The Impossibles (no Brasil, Os Impossíveis) foi uma série de desenho animado produzida pelos estúdios Hanna-Barbera em 1966, que narrava as aventuras de uma banda de rock, formada por três rapazes que estavam sempre fazendo shows pelo mundo, e que combatia o crime nas horas vagas. Impossíveis era tanto o nome da banda quanto o nome do grupo de heróis.

História

No dia 10 de setembro de 1966 o estúdio da Hanna-Barbera lançava mais um clássico dos desenhos animados baseado nos costumes da época, dessa vez o estúdio explorava com ironia duas modas da década de 1960, os grupos de rock e os super-heróis. O desenho animado Os Impossíveis era exibido na rede norte-americana CBS.

Inicialmente, o nome seria The Incredibles, e os primeiros storyboards ainda mostram este título, mas acabou sendo mudado para The Impossibles.
Possui 36 episódios e se transformou em histórias em quadrinhos no final da década de 1960, produzidas pela editora norte-americana "Gold Key" e foram publicadas no Brasil em 1967 pela Editora O Cruzeiro e depois no almanaque "Heróis da TV" da Editora Abril.

Desenho

Desenho sobre uma banda de rock dos anos 60, com as suas roupas estilosas e penteados modernos (baseado nos Beatles) para a época, mas que se transformava em um grupo de super-heróis ao enfrentarem algum vilão. O seu palco móvel se transformava em um carro voador, o Impossimovel, e então combatiam o crime após gritarem a famosa frase: "Vamos nós…" ("Hally Ho!")

Personagens

Homem-Mola (Coil Man) - Era capaz de transformar os braços e as pernas em molas. Baixinho e gordinho, era sempre o ídolo de todos os meninos baixinhos e gordinhos que assistiam a série.

Multi-Homem (Multi Man) - Criava múltiplas cópias de si mesmo. Passava a imagem do desligado da turma, com o cabelo sempre cobrindo seus olhos e possuía um escudo com a letra "M". Sempre falava para o vilão: "Você pegou todos, menos o original".

Homem-Fluido (Fluid Man) - Era o líder do trio. Podia transformar-se em líquido. Usava uma máscara de mergulho completamente inútil, pois eram seus companheiros que precisariam de máscaras. Tinha como bordão o grito: "Vamos nós - Oho!".

Big D - Chefe do trio. Sempre que um super-vilão entrava em cena, ele chamava o grupo para lutar contra o crime, entrando em contato com eles através de um visor na guitarra de Coil (Homem-Mola).

Fantomas, o Guerreiro da Justiça ou Fantaman (em japonês: Ōgon Batto literalmente "Morcego Dourado"), é um super-herói japonês criado por Takeo Nagamatsu. Originalmente criado na década de 1930 para um kamishibai (teatro de papel), ao lado de outro personagem surgido em kamishibai no mesmo período, o Príncipe Gamma, é apontado como um dos precursores dos super-heróis, antecedendo personagens como Superman (lançado em 1938) e Batman (lançado em 1939).O herói já foi adaptado para diversos outros meios, como mangá, cinema e anime.

Histórico

O personagem surgiu em 1930 em kamishibais, uma especie de teatro, cujas histórias são contadas através de ilustrações, criado por Ichigo Suziki (escritor) e Takeo Nagamatsu (ilustrador).

O personagem foi adaptado para os mangás, um por Osamu Tezuka chamado Kaitō Ōgon Bat (1947) e outro um pelo próprio Takeo Nagamatsu em 1948, em 1966, foi adaptado para os cinemas no filme Ogon Bat produzido pela Toei Company e estrelado por Sonny Chiba. Em 1967, ganhou uma versão em anime foi dirigida por Noburu Ishiguro, e exibida no Japão entre 1967 e 1968 e, no Brasil, entre 1973 e 1984 pela TV Record. Tendo duas dublagens, a primeira chamada Fantomas e a segunda Phantaman, exibida no final dos 70 e começo dos 80.
Em 2000, o estúdio Anime International Company anunciou que estava produzindo um novo anime baseado no herói, porém o projeto foi cancelado.

Enredo 

Dr. Miller, um famoso arqueólogo deseja encontrar o continente perdido de Atlântida, mas o robô mão gigante do Dr. Zero afunda seu navio, apenas sua filha, Marie, sobrevive ao naufrágio. Ela é socorrida pelo Dr. Steel e pelo filho Terry em seu super carro, uma espécie de disco voador. Durante a viagem o supercarro necessita de água potável para seus motores, O Dr. Steel e Marie pousam em uma ilha que descobrem tratar-se da lendária Atlântida, agora de volta à superfície devido a uma explosão vulcânica.

Ao desembarcarem são atacados pela mão gigante. Em sua fuga, encontram acidentalmente a tumba do imperador Ogon Bat. Após decifrarem os hieróglifos, que dizem que a cada 10 mil anos, um grande mal ameaçará a Terra, e somente o guerreiro que está no esquife pode vencê-lo, Marie derrama água por sobre o esqueleto do sarcófago trazendo Fantomas de volta a vida. Fantomas destrói a mão robo gigante e salva Still e Marie.
Marie e o Dr. Sill se tornam protegidos de Fantomas e, quando necessário, Marie invoca o morceguinho dourado que se torna uma tatuagem no braço de Fantomas.
Entre seus superpoderes, Fantomas é constituído de um metal indestrutível, possui super velocidade e super força. Além disso, pode controlar tempestades, criar terremotos, voar e até viajar por outras dimensões.

Inimigos

Nos episódios da série, Fantômas enfrente: O Gato Preto, O Vampiro, as Crianças Newton, o Máscara Negra e o Dr. Morte entre outros. Seu inimigo Dr. Zero não tem pernas e usa uma plataforma flutuante para se mover, sempre está vestido de preto, possui uma garra no lugar da mão esquerda, e uma carapuça de quatro olhos de cores diferentes que disparam raios multicoloridos.

O maior rival de Fantomas é um ser que está diretamente ligado à sua existência: O satânico Dr. Morte, que também revive nos tempos modernos para uma revanche, quando dentro da Torre Zero, Fantomas enfrenta o último dos monstros e é surpreendido pelo retorno do Doutor Morte. Ambos vão para a quarta dimensão, um local de onde os mortos jamais podem retornar e as cinzas de Dr. Morte se dispersam em furacão. No difícil duelo, Fantomas mata seu rival e, assim, parte para descansar até que seus poderes sejam novamente úteis para a humanidade.

Agora meu painel.



quarta-feira, 26 de outubro de 2016

"You're Welcome" Clip - Moana

Quem é fã do “The Rock” sabe que, de vez em quando, ele arrisca a vida como cantor.

Basta procurar seu nome no Youtube para encontrar diversos vídeos em que, acompanhado de um violão, ele solta a sua voz rouca por aí.

Agora, a Disney divulgou um novo vídeo de “Moana” em que o ator aparece cantando a música “You’re Welcome”.

A canção foi escrita pelo rapper e compositor Lin-Manuel Miranda, vencedor de dois Grammys.

No desenho animado, Dwayne Johnson empresta a voz para o semideus Maui, companheiro da adolescente Moana na busca por uma lendária ilha no Pacífico Sul.

A estreia está prevista para 5 janeiro de 2017.


fonte: Yahoo (texto na integra) - 26/10/2016

Assista ao clip e depois outro vídeo bem divertido

video

video

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Guardiões da Galáxia 2

Desta vez os Guardiões têm que lutar para manter sua recém-descoberta família unida enquanto desvendam o mistério da real ascendência de Peter Quill. 

O trailer que mostra tudo, mas não conta nada é sensacional; a boa e velha trilha sonora de arrepiar os cabelos e com as falas de Peter Quill: 

“Há dois tipos de seres no universo: os que dançam e os que não dançam”, nesta última fala aparece à imagem da Gamora, depois uma conversa bem "animada" com Drax, que termina em um grande abraço, mesmo que Peter não queira.

E no finalzinho surge Rocket Raccoon detonando uma parede e no ombro dele surge um bebê Groot.

A música, que foi um dos principais destaques do original, está em primeiro plano na prévia, embalada por ‘Hooked on a Feeling’, de Blue Swede, gravada em 1968, continua lá firme e parece que a trilha musical vai ser composta pelo volume dois da fita cassete que ele recebeu de aniversário da mãe do Peter, que aparece nas primeiras imagens do trailer.

O mais legal é o pôster do filme já que não lembra um pôster de filme, mas sim uma capa de "LP" das antigas... Agora é só aguardar até 27 de abril de 2017.


O pai de Peter Quill será revelado e terá uma grande importância para o desenvolvimento da história e uma coisa legal é que o "pai de criação" de Peter, Yondu Udonta, vai ter a crista na cabeça igual (parecido) com o personagem dos quadrinhos (fiz um comparativo abaixo), e só para terminar a boatos que vai aparecer a Capitã Marvel no filme e que um novo e inusitado personagem aparecerá no final... Quem será????

Abaixo o trailer e mais imagens, bom divertimento....















terça-feira, 4 de outubro de 2016

“KUBO E AS DUAS CORDAS” - bastidores sensacional

A animação "KUBO" por si já é uma obra de arte, mas ter a oportunidade de ver o making of é fora da realidade é fantástico, muito empolgante. Ver o modo como eles preparam cada detalhe, desde o figurino costurado a mão e os cenários sem falar na manipulação dos "bonecos" é de tirar o fôlego, apesar da computação gráfica estar presente no filme ele basicamente é feito a mão. Em uma era onde o computador domina ver algo assim é fascinante.

Caso você não saiba de que animação eu estou falando segue sinopse, o trailer que apesar de ser um pouco longo (para os parâmetros atuais) vale a pena ver cada segundo e depois algumas imagens.

“KUBO E AS DUAS CORDAS” é um épico de ação e aventura num Japão de fantasia, do aclamado estúdio de animação LAIKA. O inteligente e bondoso Kubo ganha a vida de forma humilde, contanto histórias fantásticas às pessoas da sua cidade à beira-mar, incluindo Kameyo, Hosato e Akihiro. Mas a sua relativamente tranquila existência é destruída quando acidentalmente convoca um espírito mítico do seu passado que desce dos céus para cumprir uma antiga vingança.

Pessoal normalmente eu não faço isso,mas por algum motivo não consigo "colocar" o vídeo aqui, mas como é super bacana CLICA NO LINK ABAIXO e veja, vale a pena.





quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Instituto de Artes Darci Campioti na VIII Feira de Profissões e Empreendedorismo

O Instituto de Artes Darci Campioti participou neste último sábado (24/09/2016) da VIII Feira de Profissões e Empreendedorismo – no bairro do Castelo em Campinas.

A Feira teve várias oportunidades de negócios e aprendizado, contando com Palestrantes, Workshops (relacionados a várias áreas), Testes Vocacionais, Empresas diversas, contou com Agências de Emprego para ajudar o público jovem e aqueles que buscam uma nova colocação no mercado e um sistema de Mentor para esclarecer dúvidas e ajudar o pequeno empreendedor. Participaram também várias Instituições de Ensino.

Nosso estande “bombou” e contou com a presença do artista modelador, André Calejon com suas incríveis peças que encantaram a todos, as artistas Iza e Fer Adami que fizeram várias ilustrações maravilhosas com uma arte final impecável, o fotógrafo Everaldo Cruz que mostrou sua sensibilidade ao capturar imagens de um conteúdo emocional muito forte e por fim o Mestre Darci Campioti que desenhou incríveis personagens para o público com um acabamento reinado, sem comentar das gostosas conversas sobre a nona arte com os participantes. Queremos agradecer também a Luciana (marketing) que esbanjou simpatia ao explicar os métodos da escola e aos alunos Leandro e Laura pelo apoio.


Enfim foi uma tarde maravilhosa com muita arte.









quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Max Steel – ganha um filme em live-action

Max Steel é uma série de desenho animado de animação computadorizada (CGI) produzida em 2013 e baseada na franquia homônima criada e divulgada pela Mattel.
Esta nova série é um reboot da antiga série recontando a história do personagem numa nova versão. Foi produzida pela Nerd Corps Entertainment (a mesma de Hot Wheels: Battle Force 5) em coprodução com a Mattel Entertainment e Fremantle Media. Em 2016, depois que a Nerd Corps foi comprada pela DHX Media, a série passou a ser animada pela Arc Productions, introduzindo uma animação de personagens totalmente nova.

A História:

Maxwell "Max" McGrath é um jovem universitário que tinha uma vida normal até ser contratado pela N-Tek e receber poderes a partir de um robô chamado Steel, uma robô alienígena capaz de se fundir com ele formando juntos, um super-herói: Max Steel. Com a missão de salvar o mundo de todas as ameaças mutantes. Agora Max além de ter que resolver seus problemas na faculdade terá que também salvar o mundo discretamente.

Assistam ao trailer – eu curti.
video



quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Moana - Um Mar de Aventuras - novo trailer espetacular.

Moana é um futuro filme de animação musical estadunidense produzido pela Walt Disney Animation Studios, sendo o 56º filme do estúdio, e distribuído pela Walt Disney Pictures.

Estou aguardando ansiosamente pelo lançamento desta nova animação da Walt Disney Animation, a cada trailer fica mais interessante e empolgante, onde detalhes são mostrados aos poucos bem como as características de cada personagem, pensando nisso fiquei intrigado sobre o nome da animação e da protagonista do filme: Moana.

Consegui achar o significado deste nome, que não poderia ser mais bem escolhido, deem uma olhada no significado:

Ele tem origem nas línguas polinésias (sendo o Maori, na Nova Zelândia, e o havaiano, algumas das mais conhecidas), proveniente de povos indígenas que habitavam esses locais. MOANA significa "Oceano" ou "Mar profundo".

Saiu um novo trailer fantástico, assistam a seguir e não se esqueçam de observar  mais imagens do filme , se divirtam.

video